Artigos

Hyundai lança primeiro modelo com sistema de carregamento solar

  • O sistema de carregamento solar eco-friendly carrega a bateria da viatura, durante a condução, utilizando painéis solares;
  • O sistema de carregamento solar melhora a eficiência do combustível, evita a descarga da bateria e reduz as emissões de CO2;
  • Com esta tecnologia, 30% a 60% da bateria da viatura consegue ser carregada através da energia solar.

 

A Hyundai lança o primeiro modelo com um sistema de carregamento solar incorporado no tejadilho da viatura. Esta inovadora tecnologia irá fornecer às viaturas a energia elétrica adicional, além de aumentar a eficiência de combustível e o alcance na condução.

O sistema de carregamento solar através do tejadilho da Hyundai vai ser apresentado no Novo Hyundai Sonata Hybrid. Este sistema suporta a fonte de energia elétrica da viatura, melhora a eficiência de combustível e reduz as emissões de CO2.

Futuramente, a Hyundai irá estender a tecnologia aos restantes modelos da sua gama. Esta é a mais recente aplicação de uma solução inteligente desenvolvida pela Hyundai, permitindo à indústria da mobilidade aproximar-se de um futuro ainda mais sustentável.

“A tecnologia de carregamento solar através do tejadilho é o exemplo de como a Hyundai se está a tornar num fornecedor de mobilidade limpa. Esta tecnologia permite que os clientes tenham um papel ativo na questão das emissões.”, afirma Heui Won Yang, Vice-Presidente da Hyundai. “Estamos a esforçar-nos para expandir a tecnologia a outros modelos da gama, incluindo automóveis com motor de combustão.”

O sistema de carregamento solar inclui uma estrutura de painéis solares de silício, colocados no tejadilho da viatura. Esta tecnologia permite que 30% a 60% da bateria da viatura seja carregada, através da energia solar, mesmo durante a condução. Com 6 horas de carga diária, prevê-se que aumente a distância da viagem dos condutores em mais de 1.300 Km, anualmente.

O sistema é composto por um painel solar e um controlador. A eletricidade é gerada quando a energia solar ativa a superfície do painel, convertendo então esta energia através da utilização de fotões de luz provenientes do sol.  Ao entrarem em contacto com os painéis, os fotões transferem a sua energia para os eletrões presentes nos átomos de silício forçando a sua deslocação. Este fenómeno denomina-se “efeito fotovoltaico”.

A eletricidade deste processo é convertida na voltagem de padrão pelo controlador, depois da bateria ser armazenada. A Hyundai teve em consideração não apenas a eficiência nas também o design, enquanto desenvolvia o sistema de carregamento solar.

O sistema de carregamento solar através do tejadilho atualmente desempenha apenas um papel de apoio, e deixa em aberto a possibilidade de futuramente, as viaturas não precisarem de combustíveis fósseis para se movimentarem.

A Cardan é concessionário oficial Hyundai em Famalicão, Maia e Penafiel.

Saiba mais sobre os pontos de venda Cardan/Hyundai aqui.

Hyundai desenvolve Active Shift Control para Híbridos

A Hyundai, marca representada pela Cardan, desenvolveu a primeira tecnologia Active Shift Control (ASC) no mundo. Esta inovação otimiza a eficiência da transmissão ao monitorizar a mudança de velocidades 500 vezes por segundo, ajustando a velocidade de rotação de transmissão para reduzir o tempo de mudança de velocidades. A tecnologia vai estar disponível no próximo Hyundai Sonata Hybrid e provavelmente já vai beneficiar as próximas viaturas híbridas da Hyundai.

O ASC aplica um software novo de comando lógico à Unidade de Controlo Híbrida (HCU), a qual comanda o motor elétrico para alinhar as velocidades de rotação do motor e transmissão para redução do tempo de mudança de velocidades em 30%. Esta tecnologia proporciona mudanças de velocidade mais suaves, apesar dos tempos serem mais rápidos.

“O desenvolvimento da primeira tecnologia ASC do mundo é uma inovação notável que incorpora o controlo do motor na transmissão automática”, afirma KyoungJoon Chang, Vice-Presidente da Hyundai, “não só economizará combustível, como vai proporcionar uma experiência de condução mais divertida a todos os nossos clientes”.

Inovação

Para maior economia de combustível os automóveis híbridos não possuem conversor de binário, já que estes perdem energia durante o processo de transmissão. Embora seja eficiente em termos de combustível, este sistema requer maior tempo de mudança, para garantir a suavidade nas mudanças de velocidade.

A tecnologia ASC permite ao motor elétrico do híbrido assumir o controlo nas mudanças de velocidade, aplicando a nova lógica do software à Unidade de Controlo Híbrida (HCU) para evitar possíveis problemas com o tempo de mudança mais lento. A HCU monitoriza a velocidade de rotação da transmissão 500 vezes por segundo, com um sensor instalado no motor elétrico para sincronizar rapidamente a velocidade de rotação com a velocidade do motor.

Com esta sincronização, o tempo de mudança de velocidades reduz cerca de 30%, de 500 para 350 milésimos de segundo. Esta tecnologia melhora não só o desempenho na aceleração e a economia de combustível dos híbridos, como também aumenta a durabilidade da transmissão, ao reduzir o atrito durante a mudança de velocidades.

Conheça a gama completa Hyundai aqui.

Mazda revela os segredos do motor Skyactiv-X 

O Mazda Skyactiv-X é o primeiro motor a gasolina do mundo capaz de combinar o processo de ignição por faísca de um motor a gasolina com a ignição por compressão de uma unidade diesel.

Esta novidade a tecnologia SPCCI – Spark Plug Controlled Compression Ignition (Ignição por Compressão Controlada por Faísca),exclsuiva da Mazda, dispondo de quatro cilindros Skyactiv-X, de 2,0 litros de cilindrada.

O motor, lançado para a gama do novo Mazda3 (nas versões hatchback e sedan), tem uma potência de 180 cv e um binário de 224 Nm.

O bloco Skyactiv-X permite aos condutores a performance de um motor a gasolina com resposta  superior de um bloco diesel. Quanto aos consumos começam nos 4,3l/100km e regista emissões de 96g/km (na versão Sedan).

O Mazda3 Skyactiv-X está equipado com a tecnologia Mazda M Hybrid. O sistema inteligente mild-hybrid de 24 volts vai permitir uma diminuição de consumos e emissões, reaproveitando a energia recuperada no processo de desaceleração e alimentando um motor elétrico que assiste o motor principal.

A sua chegada está prevista para o próximo outono.